Ritmos de reformas em prol da igualdade de gênero é o menor em 20 anos

Notícias

Novo relatório Mulheres, Empresas e o Direito, do Banco Mundial, mostra que o ritmo de reformas em prol da igualdade de gênero é o mais baixo em 20 anos. 

  

O estudo é responsável por avaliar leis e regulamentos de 190 países em oito formas: mobilidade, trabalho, remuneração, casamento, parentalidade, empreendedorismo, ativos e pensões.   

  

Diante disso, somente 14 países que possuem alta renda têm leis que dão às mulheres as mesmas igualdade de direitos que os homens.   

  

Cerca de 2,4 bilhões de mulheres em idade produtiva não têm os mesmos direitos que os homens. Segundo o relatório, no ritmo atual, levaríamos, pelo menos, 50 anos, em média, para atingir essa meta. 

  

Fonte: ONU

Cadastre sua instituição de ensino com a Fundação Mudes.

Ou entre em contato conosco:

Telefone: (21) 3094-1149

E-mail: gedipcal@mudes.org.br

WhatsApp da Mudes
Enviar via WhatsApp
Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Informamos ainda que atualizamos nossa Política de Privacidade. Conheça nosso Portal da Privacidade e veja a nossa nova Política.