Quem somos

Como evitar a evasão escolar PcD?

Canal Mudes

O abandono escolar da pessoa com deficiência é realidade em muitas instituições no Brasil  

O problema ocorre por uma série de motivos, e o principal deles é a falta de assistência correta e especializada para atender aos alunos dentro de sala de aula.   

 

O que é evasão escolar?   

A evasão escolar é caracterizada como o abandono do aluno à instituição de ensino. Geralmente, está ligada à condição social, familiar e socioeconômica. Muitos jovens, a maioria de baixa renda, infelizmente abandonam os estudos, pois precisam trabalhar e ajudar no sustento familiar. 

  

Evasão escolar do estudante com deficiência   

Para os estudantes com deficiência, a falta de assistência ao aprendizado se agravou com a pandemia. Houve um aumento de alunos que não frequentaram a escola ou até mesmo desistiram. 

A pesquisa “Educação não presencial na perspectiva dos estudantes e suas famílias” – realizada pelo Datafolha a pedido do Itaú Social, da Fundação Lemann e do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), com apoio do Instituto Rodrigo Mendes (IRM) –, revela que, mesmo com a reabertura das escolas, há uma tendência de que os estudantes com deficiência não retornem às aulas presenciais. Os principais motivos alegados são: o risco à saúde e a falta de profissionais de apoio necessários.   

Para reverter este cenário, é necessário que as instituições de ensino desempenhem um papel fundamental na elaboração/busca de estratégias e métodos para que haja inclusão, e o estudante com deficiência não abandone o ensino, tais como:   

  

Disponibilizar profissional capacitado   

A Lei Brasileira de Inclusão da Pessoa com Deficiência (nº 13.146/2015) assegura o direito de toda pessoa com deficiência ter disponibilizado pela instituição de ensino professores para o atendimento educacional especializado, assim como tradutores e interpretes de Libras, e profissionais de apoio.   

  

Promover um ambiente inclusivo   

É dever da instituição ter um ambiente acolhedor que promova a inclusão de alunos com deficiência, seja com modificações na infraestrutura, com a contratação de profissionais capacitados e realização de práticas inclusivas com os alunos e professores.  

Campanhas que fortaleçam o combate ao preconceito dentro das escolas/faculdades podem ser um meio essencial para começar a integração desses alunos.   

  

Conhecer o aluno PcD  

É fundamental que a instituição conheça seus alunos com deficiência e entenda a necessidade de cada um deles. Assim, poderá traçar o melhor método de ensino e identificar quais profissionais especializados cada estudante precisará.   

  

Prestar apoio psicológico   

O despreparo emocional de muitos jovens em saber lidar com os desafios do dia a dia – principalmente após a pandemia e com a falta de motivação para seguir com os estudos –, tende a refletir de forma negativa, podendo acarretar o abandono escolar. Ter uma rede de apoio psicológico para os estudantes na instituição diminui os medos e as incertezas, reduzindo o risco de evasão escolar. 

 

Gostou do conteúdo? Clique aqui e tenha acesso a outras matérias da Fundação Mudes. 

Compartilhe esse artigo:

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Informamos ainda que atualizamos nossa Política de Privacidade. Conheça nosso Portal da Privacidade e veja a nossa nova Política.