logo da fundação mudes

Sou Estudante

Quem somos

Jovem Aprendiz: o que é, como funciona e como ser contratado?

Canal Mudes

Um dos desafios do jovem no mundo do trabalho é encontrar uma primeira oportunidade de emprego que respeite o fato dele ser uma pessoa com pouca ou nenhuma experiência profissional 

 

Por isso foram criados – e são sustentados por Lei – os Programas de Aprendizagem, como o Programa Juventude Aprendiz desenvolvido pela Fundação Mudes. Com o objetivo de ir muito além de cumprir cotas obrigatórias, o programa é uma maneira eficiente de contribuir para diminuição das barreiras de oportunidades para estes jovens e tem como finalidade a erradicação de jovens em vulnerabilidade social no Brasil.  

 

Assista ao vídeo e fique por dentro do programa Juventude Aprendiz da Fundação Mudes: 

 

Mas afinal: 

O que é a aprendizagem? 

A aprendizagem profissional cria oportunidades para o aprendiz (jovens entre 14 e 24 anos) e para as empresas (com o treinamento de novos talentos). Foi estabelecida pela Lei nº 10.097/2000, regulamentada pelo Decreto nº 5.598/2005 e posteriormente pelo Decreto nº 9.579/2018. A Fundação Mudes trabalha com jovens entre 15 e 22 anos. 

 

Como funciona? 

A aprendizagem é destinada a formação técnico-profissional metódica de adolescentes e jovens, desenvolvida por meio de atividades teóricas e práticas, que são organizadas em tarefas de complexidade progressiva. Tão importante quanto a prática, é a teoria. Ambas as etapas são feitas simultaneamente! 

 

Como ser contratado? 

Para ser contratado como jovem aprendiz com um agente integrador da Fundação Mudes, você precisa ter entre 15 e 22 anos, e deve estar matriculado e frequentando a escola caso não tenha concluído o Ensino Médio, além de estar inscrito em nosso programa de aprendizagem. Caso o aprendiz seja PcD (Pessoa com Deficiência), não há limite máximo de idade para a contratação. 

 

Inscreva-se em nossas vagas para Jovem Aprendiz e conheça mais sobre o Programa Juventude Aprendiz.  

 

Gostou do conteúdo? Clique aqui e tenha acesso a outras matérias da Fundação Mudes.

Compartilhe esse artigo:

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Informamos ainda que atualizamos nossa Política de Privacidade. Conheça nosso Portal da Privacidade e veja a nossa nova Política.