Quem somos

Confira o que evitar descrever no seu perfil profissional

Estudantes

Na busca por se diferenciar em um mercado tão competitivo, é comum que os estudantes utilizem termos que estão na moda na hora de atualizar o currículo.

Mas, cuidado! Abusar das palavras genéricas pode acabar, na verdade, não ajudando em nada na hora de conseguir o tão sonhado estágio.Quer ver?

Confira o que evitar na hora de descrever seu perfil profissional.

Focado em resultados

“É um pré-requisito para qualquer um ser empregado”, afirma André Assef, diretor operacional da consultoria Desix. Independentemente da área que você vai trabalhar, resultados sempre serão bem vindos.

Motivado 

A automotivação é um diferencial, mas espera-se de um profissional que ele tenha o mínimo de vontade de trabalhar.

Novas tecnologias

É um termo muito vago. O ideal é usar o nome da tecnologia e a versão que domina. Isso para quem está buscando faz diferença”, afirma.

Criativo

Você é criativo? Faça com que o seu currículo contenha informações que justifiquem esse termo na sua descrição profissional. Dependendo da área de atuação, o termo nada acrescenta e é dispensável.

Novos desafios

Para o especialista é um termo muito genérico e não revela um traço da personalidade dele ou uma competência profissional. “Quando o currículo é bem construído, o objetivo fica bastante claro”, afirma Assef.

Tenha acesso as melhores oportunidades profissionais!

Compartilhe esse artigo:

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Informamos ainda que atualizamos nossa Política de Privacidade. Conheça nosso Portal da Privacidade e veja a nossa nova Política.