Como escolher uma profissão? Veja dicas e sugestões para te ajudar

Candidatos

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

A transição da escola para a faculdade, é o período em que o jovem inicia a vida adulta. Mas antes disso, ele tem que escolher uma carreira e para muitos jovens essa escolha é difícil e complicada.

São muitas dúvidas e incertezas. A sensação de ter que escolher tão novo algo para a vida toda, acaba assustando e tornando tudo mais complexo. Se você é esse jovem que ainda não escolheu uma carreira, não sabe o quê fazer, escrevemos essas dicas para você!

O recrutador e psicólogo da Fundação Mudes, Alfredo Villanueva, deixou algumas dicas e respondeu algumas questões. Confira!

Dicas

Para um jovem que está no ensino médio, e nem sabe por onde começar a pensar numa profissão, o que fazer?

  1. Quais são as matérias que você mais gosta? Caso não tenha uma matéria em si, qual o assunto que mais lhe atraiu no ensino médio?
  2. O que gosta de fazer no seu tempo livre? Ler, lidar com tecnologia, estar atento a novidades, escrever, se comunicar com as pessoas etc.? Tente ir por este caminho.
  3. Fale com profissionais que você tenha interesse em saber mais de suas profissões. Siga eles em redes sociais. Não tenha receio de abordá-los em caso de necessidade.

Dúvidas

  • Quando começar a pensar em qual profissão escolher?

Não há uma regra exata. Há jovens que se identificam com algo logo no início do ensino médio e outros somente no final após passarem por experiências e se informar sobre determinadas atividades e profissões. O que é importante nestes casos é ter o interesse em pesquisar a respeito, entrar em contato com profissionais da área seja de forma pessoal ou seguindo eles nas redes sociais.

  • Como saber o que gosto de fazer?

Um dos caminhos mais indicados é observar as matérias ou assuntos que lhe interessam no ensino médio. Observar quais são seus gostos. Muitas vezes algo que você goste muito de fazer pode vir a se tornar uma profissão como por exemplo cozinhar e fazer gastronomia; saber ser empático e fazer psicologia; ser organizado e fazer administração ou semelhante dentre outros exemplos.

  • Como a orientação vocacional pode ajudar um jovem que ainda não decidiu qual curso vai seguir?

A orientação vocacional indica uma direção para o jovem, de forma que ele possa estar mais bem informado sobre suas opções no mundo profissional. Ele passa a ter uma visão diferenciada e a se compreender melhor e como consequência, uma capacidade melhor de tomada de decisão.

  • Deve-se pensar na remuneração na hora de escolher a carreira?

Não necessariamente. Nem sempre a carreira de melhor remuneração será aquela que realmente lhe trará maiores benefícios pessoais. É necessário medir os prós e contras de cada carreira, alinhando com os pontos positivos e negativos do jovem.

 

Esperamos poder ter te ajudado no processo de escolha da profissão, com nosso conteúdo!

Compartilhe esse artigo:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Informamos ainda que atualizamos nossa Política de Privacidade. Conheça nosso Portal da Privacidade e veja a nossa nova Política.