Quem somos

Estagiário: Saiba como se capacitar em Direito

Estudantes

Saiba que já deu um enorme passo na escolha de qual graduação fazer, agora vamos saber um pouco mais sobre o Direito 

 

A faculdade de Direito é uma das mais antigas da humanidade, chegou no Brasil na primeira metade do século XIX. Tendo como princípio a responsabilidade social, o curso de Direito capacita os estudantes para serem advogados ou seguirem a carreira jurídica. Para isso, precisam se tornar aptos a interpretar e aplicar as leis do país para defender os interesses de pessoas e organizações. 

 

O curso tem duração de 5 anos e existem diversas áreas em que o graduando pode se especializar. Exemplificando os principais ramos, temos: o Direito Público, com as opções de Direito Constitucional, Tributário, Penal, Processual e Administrativo; e o Direito Privado, com as opções de Direito Civil, Empresarial, Trabalhista e do Consumidor.  

 

Vale lembrar que não basta a graduação no curso de Direito para exercer a profissão de advogado, pois é preciso ser aprovado no exame da Ordem dos Advogados no Brasil (OAB). O exame foi criado justamente para verificar se os estudantes estão capacitados para exercer a função. Então, além da faculdade, talvez seja necessário fazer um cursinho preparatório para o exame. 

 

Um dos princípios para ser um bom profissional desta área é possuir gosto pela leitura, pois envolve bastante conhecimento teórico, como por exemplo: História, Filosofia e Sociologia. Uma boa oratória também é um grande diferencial, além de saber lidar com pressão e ter uma boa capacidade de escrita, que são características que podem mudar o patamar de um profissional. 

 

Estágio é o atributo extracurricular principal para a execução da carreira jurídica, é nele que a prática em si é desenvolvida, e é por meio dele que a teoria, explicada em aula, é de fato compreendida. 

 

A Faculdade de Direito permite que o graduado siga diferentes especializações, como por exemplo: abrir o próprio escritório, associar-se a um escritório já existente, trabalhar exclusivamente para uma empresa, ingressar em carreiras do serviço público (juiz, promotor ou defensor público) e prestar consultoria jurídica. 

 

Clique aqui e acompanhe nossos posts! 

Tenha acesso as melhores oportunidades profissionais!

Compartilhe esse artigo:

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Informamos ainda que atualizamos nossa Política de Privacidade. Conheça nosso Portal da Privacidade e veja a nossa nova Política.