Quem somos

Direitos e Deveres do Jovem Aprendiz

Canal Mudes

A Lei da Aprendizagem (Lei n.º 10.097/2000) foi criada para combater o trabalho infantil e promover a capacitação de jovens estudantes para ingressarem no mundo do trabalho. 

   

Para atuar como jovem aprendiz, o estudante precisa entender quais são seus direitos e deveres, a fim de se desenvolver no trabalho e garantir uma vaga de emprego.  

  

Fique por dentro  

O contrato do jovem aprendiz pode durar até dois anos. Ao completar 24 anos, o jovem não pode ter contrato ativo. Então, a idade limite para concorrer a uma vaga é 22 anos.  

  

Capacitação teórica  

A lei estabelece que o estudante assista às aulas de capacitação teórica, que ocorrem uma vez por semana. Dessa forma, o jovem aprende uma profissão na teoria, enquanto aplica seus conhecimentos na prática. Caso o estudante falte à aula, o salário do dia não será depositado.  

  

Carteira de trabalho  

O programa jovem aprendiz, diferentemente do programa de estágio, é anotado na carteira de trabalho do jovem.  

  

Benefícios  

A contratação como jovem aprendiz fornece alguns benefícios: carteira de trabalho assinada, salário mínimo-hora, jornada de trabalho reduzida, vale-transporte, férias, 13º salário e recolhimento do FGTS.

 

Compartilhe esse artigo:

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Informamos ainda que atualizamos nossa Política de Privacidade. Conheça nosso Portal da Privacidade e veja a nossa nova Política.