Quem somos

A Mudes apoia a mobilização Nacional #NenhumAprendizAMenos

Canal Mudes

Em 4 de maio deste ano, o Governo Federal editou a Medida Provisória 1.116/22 e o Decreto 11.061/22 com inúmeras mudanças no Programa Jovem Aprendiz

 

Os dispositivos legais, diferentemente do que defende o Executivo, não trouxeram nenhum benefício, pelo contrário, geraram grandes impactos na Aprendizagem Profissional, afetando de forma extremamente negativa o programa Jovem Aprendiz. Os prejuízos são incontáveis, com destaque para a redução expressiva da oferta de vagas para adolescentes, jovens e pessoas com deficiência – os mais prejudicados. 

 

O objetivo das normas é realizar uma espécie de “nova reforma trabalhista” com relação às cotas de Aprendizagem”, visto que foram alterados mais de 86% dos artigos da legislação vigente sobre o tema (Lei 10.097/2000) e mais de 64% dos artigos do decreto que a regulamentou. 

 

Como forma de protesto contra o desmonte provocado pela MP e pelo Decreto, entidades e instituições defensoras dos jovens aprendizes – incluindo a Fundação Mudes –, se uniram para a mobilização #NenhumAprendizAMenos, cujo objetivo é conscientizar os deputados federais sobre os severos prejuízos à Aprendizagem Profissional, caso a MP seja prorrogada por mais 60 dias e venha a se converter em lei. 

 

A Fundação Mudes diz NÃO à MP nº 1.116/22 e ao Decreto n.º 11.061/22, e APOIA a mobilização nacional #NenhumAprendizAMenos 

 

Nossa luta é pela manutenção das conquistas obtidas pelos jovens! 

 

Confira as principais alterações advindas dos dois dispositivos legais:

 

 

Compartilhe esse artigo:

WhatsApp da Mudes
Enviar via WhatsApp

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Informamos ainda que atualizamos nossa Política de Privacidade. Conheça nosso Portal da Privacidade e veja a nossa nova Política.