Quem somos

Escassez de profissionais qualificados chega a 81% no Brasil

Canal Mudes

O Brasil é o nono colocado no ranking formado por 40 países e 40 mil empregadores

 

Os dados são da pesquisa sobre escassez de talentos da ManpowerGroup, que revela que três entre quatro empresas têm dificuldade para contratar talentos.

  

Este ano, o índice que mede a complexidade de se encontrar mão de obra especializada apresentou elevação de dez pontos percentuais com relação a 2021, superando o parâmetro global, que é de 75%. 

  

Em 2018, o Brasil tinha registrado 34% de escassez, entretanto, com a pandemia, em 2019, a taxa subiu para 52%, elevando-se, em 2021, para 71%. 

   

O setor que apresenta mais escassez de profissionais especializados é o de Banco e Finanças (86%); na sequência, TI e Tecnologia (84%); Indústria (84%); Educação, Saúde e Governo (80%); Atacado e Varejo (79%); Construção (76%); Hotelaria e Restaurantes (66%). 

 

 

A área que mais demanda mão de obra qualificada é a da Tecnologia da Informação e Dados (40%), seguida por Atendimento ao Cliente e Front Office (32%), Logística e Operações (23%), Marketing e Vendas (21%), Administração e Apoio ao Escritório (21%). 

 

Gostou do conteúdo? Clique aqui e tenha acesso a outras matérias da Fundação Mudes. 

Compartilhe esse artigo:

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Informamos ainda que atualizamos nossa Política de Privacidade. Conheça nosso Portal da Privacidade e veja a nossa nova Política.