Doe

Faça sua doração e ajude nossos projetos sociais

A Fundação Movimento Universitário de Desenvolvimento Econômico e Social – MUDES, é uma instituição pertencente ao terceiro setor, de utilidade pública, com mais de 50 anos de experiência e possuidora do Certificado de Entidade Beneficente de Assistência Social. Atua essencialmente na promoção e integração de jovens em situação de vulnerabilidade social ao mundo do trabalho por meio de planos de socioaprendizagem, além da realização de programas sociais para esse mesmo público alvo, como o Programa Armazém Social do Saber – PASS.

O MUDES desde a sua criação buscou trabalhar com o público jovem, com a intenção de qualificar e estimular esse grupo para as questões sociais que o país vivencia. Com a característica e bagagem sobre o trabalho voluntariado e a juventude brasileira, leva em consideração que esse gera uma mudança significativa na sociedade. A Fundação desenvolveu uma proposta de levar para as comunidades ações sociais, através de parcerias com as universidades, viabilizando o trabalho voluntário de professores e estudantes do Município do Rio de Janeiro, contribuindo para o desenvolvimento pessoal e comunitário, essa proposta se denominou como GAS- Grupo de Ação Social.

Contexto

A pobreza é uma das manifestações da questão social, expressão direta das relações na sociedade construídas em um padrão capitalista e desigual. Historicamente no Brasil vivenciamos as consequências da colonização e da escravidão, onde a pobreza foi inflamada ainda mais com a má distribuição de renda e de oportunidades. Hoje a pobreza atinge 15% da população brasileira, quase 30 milhões de pessoas enfrentam diariamente a precariedade de serviços, tanto sociais quanto educacionais.

Uma maneira eficaz de levar a essa população uma melhoria na qualidade de vida é através dos projetos e ações sociais, uma vez que transmitir informação e conhecimento pode abrir novos horizontes. Com o voluntariado de profissionais e universitários competentes é possível o desenvolvimento de atividades comunitárias,
contribuindo então para o bem estar social da população em vulnerabilidade e paralelamente colaborar para a experiência acadêmica.

Pensando na interação entre universidade e sociedade, é importante que a instituição de ensino reveja as formas de atuação buscando implementar estratégias que possibilitem uma relação, integração com as comunidades ao redor, tornando os seus integrantes participantes de projetos de mudança e inclusão social.

O Projeto “Grupo de Ação Social” busca proporcionar experiências relacionadas sociais para professores e universitários que estejam dispostos a se voluntariar. Isso ocorrerá através de núcleos operacionais que estarão inseridos nas instituições de ensino superior, visando a participação em ações sociais a realizadas em comunidades carentes. Além disso, é essencial para a população vulnerável o auxílio do terceiro setor para minimizar os efeitos do pauperismo e conseguir sua inserção social.

Justificativa

Vivemos tempos onde a falta de investimentos nas políticas públicas, combinadas com o sucateamento, nos Estados brasileiros principalmente no Rio de Janeiro, são naturalizadas e esquecidas pelas autoridades políticas.

O reflexo direto dessa péssima administração e da falta de seriedade no trato do dinheiro público é a precarização das condições de vida da população pobre que necessita diariamente recorrer a esses meios. Dessa forma, os indivíduos em situação de vulnerabilidade social demandam cada vez mais o apoio de organizações não governamentais para conquistar sua ascensão social, pessoal e possivelmente profissional através de programas sociais que os proporcionem a expansão de seus horizontes.

Assim, o projeto GAS busca minimizar os efeitos da pobreza, através de Ações Sociais realizadas por voluntários de instituições de ensino superior em diversas comunidades do Rio de Janeiro.

Objetivos

O Projeto “Grupo de Ação Social” busca a participação de professores e universitários dos mais variados cursos de ensino superior que estejam dispostos a se voluntariar para a realização de uma ação social correspondente ao desenvolvimento humano, intelectual e social destinada à jovens de baixa renda. Dessa forma, o GAS leva em consideração as inúmeras demandas sociais, familiares e comunitárias que pertencem a esse público e visa proporcionar tanto para os voluntários quanto para os jovens em situação de vulnerabilidade social experiências enriquecedoras que podem resultar em inserção social além de ascensão pessoal e/ou profissional.

  • Tornar os jovens participantes do projeto mais conscientes da importância de seu papel como cidadão, uma vez que os programas de extensão, pensados especificamente para colocar o aluno em situação de convivência social e aplicabilidade do conhecimento adquirido em sua formação, muitas vezes são exercidos como mera obrigação escolar;
  • Proporcionar a estudantes uma visão global dos problemas brasileiros, inclusive suas peculiaridades regionais, de modo a permitir sua participação no desenvolvimento de comunidades;
  • Dar a estudantes a oportunidade de treinamento para a melhoria do seu instrumental técnico-profissional, praticando as técnicas designadas nas escolas;
  • Cooperar com entidades já existentes, com iguais propósitos, coordenando programas nacionais;
  • Cooperar com entidades governamentais e privadas existentes no exterior, visando ao intercâmbio de informações e experiências.

Metodologia

A proposta nesse primeiro momento é criar polos nas universidades, inserindo o voluntariado para ações comunitárias principalmente aos cursos de enfermagem, direito, nutrição, educação física, estética, serviço social, psicologia, artes e pedagogia, mas podendo se estender a todos universitários que desejarem colaborar com a ação.

Refletindo nas necessidades das favelas, foi pensado em ações que reflitam a necessidade de cada área para atingir todos os moradores da comunidade. As ações pensadas foram as seguintes:

Ligado ao bem estar: verificação de pressão arterial e verificação de glicose (estudantes de enfermagem), dicas de alimentação saudável e diminuição da circunferência abdominal (estudante de nutrição), aulão de alongamento (estudante de educação física), corte de cabelo, maquiagem (estudantes de estética).

Ligado a cultura: Oficina de artes, pintura, música, dança e filmes

Ligado a prestação de serviço: levar consulta jurídica ( estudantes de direto), realizar atendimentos pedagógicos e psicológicos e levar instrução de documentação

As atividades serão divididas em três dias de atuação, em cada dia demarcado uma área diferente irá demarcar as ações voltadas para o seu curso relacionando com a realidade da comunidade local. Assim teremos o total aproveitamento dos universitários e a população irá aproveitar por mais calma todas as atividades expostas.

Cronograma
Passo 01Detectar a área do município do Rio de janeiro que será atingida.
Passo 02Realizar parceria com uma escola ou outra instituição para ceder espaço dentro da comunidade.
Passo 03Entrar em contato com as universidades próximas para inscrição dos voluntariados.
Passo 04Selecionar os voluntários inscritos
Passo 05Demarcar quais ações de intervenção serão realizadas em cada curso
Passo 06Quais os dias que serão feitas
Passo 07Realizar a atividade
Passo 08Realizar Relatório de atividades

Desafios

Os desafios encontrados foram:

· Aprovação dos universitários e da universidade

· A comunidade permitir a o ingresso das atividades no local e a aceitação da população nas ações

· Associação de moradores

Previsão orçamentária

Para a realização do projeto seria necessário o fornecimento da passagem e lanche para os voluntários e o financiamento dos instrumentos para cada atendimento.