Projeto Rondon

1967

Foi criado em 1967 como resultado de uma pesquisa sociológica desenvolvida pela Universidade do Estado da Guanabara – UEG (atual UERJ) e da Escola de Comando e Estado Maior do Exército.

Com apoio técnico e operacional da Fundação MUDES, foi realizado um programa de assistência social e coleta de informações em 120 pontos do Brasil, por 600 universitários oriundos de diversas universidades brasileiras.